Trama
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat. Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur. Excepteur sint occaecat cupidatat non proident, sunt in culpa qui officia deserunt mollit anim id est laborum.
Créditos
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat. Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur. Excepteur sint occaecat cupidatat non proident, sunt in culpa qui officia deserunt mollit anim id est laborum.
Novidades
18.06
Reabertura do Fórum 2.0

00.00
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut.

00.00
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut.
Times
Nombre apellido
Mejor héroe
Nombre apellido
Mejor Villano
Nombre apellido
PJ más activo
Administração
Companeros

Élite 0/40

Flor de Inverno - Missão OP - Anzhela Kuznetsova

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Flor de Inverno - Missão OP - Anzhela Kuznetsova

Mensagem por Perséfone em Seg Set 28, 2015 3:06 pm


Flor de Inverno:


Missão OP para Anzhela Kusnetsova


Era tempo de comemoração. A virada do ano enfim abraçava ao mundo e a todos aqueles que desejavam um novo começo. Trazendo consigo preces e pedidos para um novo início cheio de felicidade, paz, dinheiro, saúde e esperanças.
Perante este contexto, a sagrada reunião da família Kuznetsova teria seu início naquela noite. A Flor de Inverno reuniria todos os herdeiros dos antigos clãs, dando àquele fim de ano uma característica familiar, de perdão, onde todas as mágoas eram esquecidas para que somente as coisas boas ficassem.
A menina deixava o acampamento na noite anterior à Flor de Inverno, no intuito de chegar a Rússia antes do amanhecer. Em seu planejamento transcrito em uma pequena agenda estavam todas as tarefas que deveria completar antes do encontro na mansão de sua família.
Como sempre, após aterrissar sobre o solo russo, a jovem migrou para a igreja na qual sempre fazia suas preces, mesmo não acreditando na religião, aquele era um local onde sentia-se direcionada aos espíritos.
Inesperadamente, a dracaenae cuja havia sequestrado Anzhela anos atrás aparecera como uma miragem, em suas mãos estava uma espada aparentemente poderosa, sua estrutura assemelhava-se ao ferro estígio já conhecido pela semideusa. Diante a cena, todo o movimento na Igreja ganhava forma de estátua. O tempo parava para que a voz do além tivesse vez.
“Você verá Pavlov se possuir esta espada.”
De repente, uma ventania intensa e gélida atingira todo o recinto, levando consigo a iluminação que ali se encontrava, deixando apenas o breu e indo embora através das portas abertas por sua força.
À noite enfim chegara. A decoração que era usada pelos Kuznetsova era impecável. Membros da família chegavam gradativamente, trazendo consigo sorrisos e abraços contagiantes.
Porém, por algum motivo a menina de Melinoe fora atraída ao sótão escuro e sombrio daquela velha e perturbadora mansão. Ao adentrar aquele ambiente seus olhos se depararam com aquele que lhe treinara. Matteo. O sátiro tinha em suas mãos a mesma espada que fora segurada pelo fantasma da dracaenae.
Para a confusão mental da semideusa, quatro clones de seu antigo tutor apareceram. Estes diziam em um timbre único e ensaiado: “Mate-me ou morra sem rever Pavlov.”
Anzhela imediatamente se dava conta de que teria que lutar com aqueles clones reais que se teletransportavam de um lado ao outro. O principal empunhava a espada de ferro estígio, cuja era necessária para criar o contato com o espírito de Pavlov. Caberia ao desempenho da feiticeira estabelecer um contato e comemorar a Flor de Inverno com seu querido avô ou morrer tentando.

Regras:

- O Post deverá ter no mínimo 50 linhas.
- Poderes Ativos e Passivos devem ser colocados em spoiler abaixo do post.
- Você tem direito a DUAS armas de seu arsenal, porém em meio a narração você pode utilizar de outros objetos improvisados e da espada caso consiga pegar.
- Seja coerente e não invente coisas impossíveis.
- A missão é atemporal, portando você poderá postar em outro lugar se quiser e em eventos atemporais.
- Prazo até 30/10/1015.

Narração:

- Seja detalhista, narre tudo o que julgar necessário. Eu adoro detalhes.
- Quero que narre todo o processo de saída do acampamento, chegada ao aeroporto e intercale fatos entre os acontecimentos cujos lhe foram apresentados no post acima.
- Converse com Quíron sobre sua visita a sua família.
- Narre o diálogo com Pavlov após ter conseguido a espada.
- Descreva seus sentimentos diante dos acontecimentos.
- Acabe com os sátiros e se achar necessário pode narrar o encontro com outro monstro. Vá além do que lhe fora proporcionado.
- Me surpreenda.
- Boa sorte, querida!



YOU'RE MY FAVORITE KIND OF NIGHT, SO YOU DON'T PAY IT.

avatar
Deuses Menores
Mensagens :
147
US$ :
42621
Data de inscrição :
27/07/2015
Localização :
Vagando por aí.

Dados do Personagem
Nivel: Infinito. q
Experiencia :
100/100  (100/100)
Vida (HP):
100/100  (100/100)

Perséfone
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum